sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O livro dos Salmos: uma introdução...


A oração privada e comunitaria dos judeus se alimentou ao longo dos séculos com o Livros dos Salmos (ou simplesmente, Saltério). A Santa Madre Igreja deu ao Saltério um lugar distinto na Liturgia das Horas, com a recitação e canto dos Salmos. Na santa Missa, os Salmos fazem parte da “Liturgia da Palava”, em forma responsorial. Por isso, o Salterio foi chamado também, de “livro de oraçoes da Igreja”, por seu frequente uso liturgico. A piedade de muitos homens e mulheres de Deus se alimentou com a oração dos Salmos.
Sabemos orar com os Salmos?
São faceis de serem lidos ou ouvidos distraidamente , sem entrarmos em oração. Muitas vezes nem mesmo os entedemos, quando encontramos alusoes que nos são estranhas, como: “os touros de basã” (Sl.22,3), ou ainda: “o deserto de Cades” (Sl.28,8). Também ejm algus Salmos a ideia de Deus é diferente daquela com que estamos acostumados, que nos é apresentada nop Novo Testamento: o “Deus-Amor” revelado por Jesus. Mas sim, encontramos a ideia do “Deus Vingador” (Sl.109,5-6), ideia esta que predomina no Antigo Testamento.
Podemos orar com os Salmos!
Sabendo-se que ontem, hoje e amanhã os salmos nos levam a um encontro pessoal e de diálogo com Deus (138,17-18 ). Para além da voz do salmista que “reza e invoca Deus”, temos de reconhecer a “nossa voz”, como diz Sto. Agostinho no seu Comentário sobre o Salmo 61. E prossegue o santo doutor: "E eu não disse ‘nossa’, como se fosse apenas a de quem está aqui agora, mas o ‘nossa', significando que é de todos aqueles que ao longo de todo o mundo, através da voz dos que estao no oriente e no ocidente”. O indivíduo e a comunidade dos crentes são o "eu" e o "nós" dos Salmos, que invocam a Deus ao longo dos séculos. Devemos pedir a luz do Espírito Santo, principal autor dos Salmos e inspiração, para reza-los como uma expressão da nossa fé no Deus vivo. Os Salmos têm uma memorial função que permite a cada geração viver e reviver os atos criativos de Deus e da salvação. Com suas variadas formas de expressão, na louvação e na suplica, no clamor dos aflitos e aos aplausos da assembléia, em todos os Salmos, bate a poderosa afirmação de fé: "Tu és o meu Deus em todas as circunstâncias e continuará a ser o meu Deus ". Os Salmos tornam-se assim uma manifestação de Deus na oração acima de tudo.

 Publicado originalmente em português: Missão Calabria
Traduzido e adaptado do Bolg espanhol: Ideas para orar


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...