sábado, 27 de fevereiro de 2010

"Quem reza, certamente se salva..." Santo Afonso Maria de Ligório

  
"Desde que o homem é homem, reza. Sempre e onde quer que seja o homem se deu conta que não está só no mundo, que tem alguém que o escuta. Sempre se deu conta que da sua necessidade um Outro maior e que deve recorrer a Ele para que a sua vida seja aquilo que deve ser. Mas a face de Deus sempre esteve velada e somente Jesus nos mostrou o seu verdadeiro rosto. Quem o ver vê o Pai (cf. Jo. 14,9). Assim, se por um lado, é natural ao homem rezar (pedir no momento da necessidade e agradecer no momento da alegria), de outro lado há sempre a nossa incapacidade de orar e falar com um Deus oculto. Não sabemos o que pedir, diz São Paulo (Rm. 8,26). Por isso, devemos sempre dizer ao Senhor, como os seus discípulos: 'Senhor, ensina-nos a orar' (Lc.11,1) O Senhor nos ensinou o Pai Nosso como modelo da autêntica oração e nos deu uma Mãe, a Igreja, que nos ajuda a rezar. A Igreja recebeu da Sagrada Escritura um grande tesouro de orações. No curso dos séculos brotaram do coração dos fiéis, com as quais eles sempre se voltam a Deus. No rezar com a Mãe Igreja, aprendamos a orar nós mesmos".

Papa Bento XVI
Introdução do livro: Quem rea se salva

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...