domingo, 21 de março de 2010

V Domingo da Quaresma, Ano C.

5º DOMINGO DA QUARESMA
21 de Março de 2010



LEITURA I – Is 43,16-21


SALMO RESPONSORIAL – Salmo 125 (126)


LEITURA II – Filip 3,8-14



EVANGELHO – Jo 8,1-11

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João:
Naquele tempo,
Jesus foi para o Monte das Oliveiras.
Mas de manhã cedo, apareceu outra vez no templo,
e todo o povo se aproximou d’Ele.
Então sentou-Se e começou a ensinar.
Os escribas e os fariseus apresentaram a Jesus
uma mulher surpreendida em adultério,
colocaram-na no meio dos presentes e disseram a Jesus:
«Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério.
Na Lei, Moisés mandou-nos apedrejar tais mulheres.
Tu que dizes?».
Falavam assim para Lhe armarem uma cilada
e terem pretexto para O acusar.
Mas Jesus inclinou-Se
e começou a escrever com o dedo no chão.
Como persistiam em interrogá-l’O,
ergueu-Se e disse-lhes:
«Quem de entre vós estiver sem pecado
atire a primeira pedra».
Inclinou-Se novamente e continuou a escrever no chão.
Eles, porém, quando ouviram tais palavras,
foram saindo um após outro, a começar pelos mais velhos,
e ficou só Jesus e a mulher, que estava no meio.
Jesus ergueu-Se e disse-lhe:
«Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?».
Ela respondeu:
«Ninguém, Senhor».
Disse então Jesus:
«Nem Eu te condeno.
Vai e não tornes a pecar».


«Quem de entre vós estiver sem pecado
atire a primeira pedra».

O Evangelho de hoje nos faz meditar, mais uma vez, que tidos precisamos da Misericórdia divina. Observemos primeiro que Jesus se encontrava no Templo, a ensinar. Vieram até ele os que eram os "guardiães" da Lei Mosaica, trazendo a mulher pecadora, pega em flagrante.  Jesus, se abaixa e começa a escrever no chão. Isso mostra que ele tem misericórdia daquela mulher em situação humilhante. Depois, percebemos que seu ato de escrever por terra significa que a Lei que os fariseus tanto defendiam de maneira desumana é algo que passa, assim como o vento vai levando a terra onde foi escrita. Notemos que Jesus e posto à prova e não se perturba com isso, e responde aos seus interpeladores: Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra. Saem da presença de Jesus os acusadores, a começar dos mais velhos, pois numa sociedade patriarcal como a dos judeus, o ancião era a "coluna vertebral", e por isso, se vão primeiro. 
Ao voltar a se abaixar, Jesus manifesta novamente a misericórdia para com a pecadora. Esta permanece somente diante do Justo, o único que jamais pecou. Jesus a convida a voltar seu coração para Deus e deixar o seu passado de pecados para trás, assim como nos diz são Paulo na 2ª Leitura: esquecendo o que fica para trás, lançar-me para a frente, continuar a correr para a meta, em vista do prémio a que Deus, lá do alto, me chama em Cristo Jesus.

Ao nos voltar para o Senhor misericordioso, percisamos deixar para trás toda e qualquer realidade de pecado e erro que nos prenda ao passado e mandendo os olhos fitos na Cruz do Senhor Cristo Jesus.

Texto da Escritura da Conferência Episcopal Portuguesa


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...