sexta-feira, 29 de abril de 2011

Filme "Dos homens e dos deuses"

 Década de 90. Um grupo de oito monges franceses vive em um mosteiro localizado no alto de uma montanha na Argélia. Liderados por Christian (Lambert Wilson), eles vivem em perfeita harmonia com a comunidade muçulmana local. O exército oferece proteção contra as ameaças que surgem, mas os monges a recusam. Preferem levar sua vida de forma simples, dando continuidade à sua missão independente do que vier a acontecer com eles.

Vejam o trailer!

Poster de «Dos Homens e dos Deuses»

terça-feira, 26 de abril de 2011

"Desastres nunca são castigos de Deus" - Homilia do Pe. Raniero Cantalamessa na Sexta-Feira Santa.

Em um momento em que o mundo cristão “volta a ser visitado pela prova do martírio” e em que se vêem tantos “sofrer e morrer ao nosso redor”, os cristãos podem oferecer ao mundo “a certeza da nossa fé de que há um resgate para a dor”.
O padre Raniero Cantalamessa, ofmcap., fez essa afirmação na homilia da cerimônia desta Sexta-feira Santa, presidida pelo Papa, na Basílica de São Pedro.
“Há uma verdade a se proclamar com força na Sexta-feira Santa. Aquele que contemplamos sobre a cruz é Deus ‘in persona’. Sim, é também o homem Jesus de Nazaré, mas esta é uma pessoa com o Filho do Pai Eterno.”
“Até que não se reconheça e leve a sério o dogma fundamental da fé cristã – o primeiro definido dogmaticamente em Niceia – que Jesus Cristo é o Filho de Deus, o próprio Deus, da mesma substância do Pai, a dor humana permanecerá sem resposta”, disse.
Segundo o pregador do Papa, os cristãos possuem uma “pérola”: a “Ressurreição!”. Citando o apóstolo Paulo e o Apocalipse, disse: "‘Tenho para mim que os sofrimentos da presente vida não têm proporção alguma com a glória futura que nos deve ser manifestada’ (Rm 8, 18), e ainda ‘Enxugará toda lágrima de seus olhos e já não haverá morte, nem luto, nem grito, nem dor, porque passou a primeira condição’ (Ap 21, 4).”
Cantalamessa indicou ainda que os cristãos, no anúncio da ressurreição e da vida, nunca se esqueçam de “sofrer com os que sofrem, chorar com os que choram”.
“Neste momento, sofrer e chorar em particular com o povo japonês, imerso em uma das mais terríveis catástrofes naturais da história. Podemos dizer a esses nossos irmãos em humanidade que estamos admirados por sua dignidade e exemplo de postura e ajuda mútua que deram ao mundo.”
“A globalização tem ao menos este efeito positivo: a dor de um povo se torna a dor de todos, suscita a solidariedade de todos. Dá-nos a chance de descobrir que somos uma família humana, ligada no bem e no mal. Ajuda-nos a superar as barreiras de raça, cor e religião”, disse.
Catalamessa indicou ainda que se recolha o ensinamento de eventos como este. “Terremotos, furacões e outros desastres que atingem inocentes e culpáveis nunca são um castigo de Deus. Dizer o contrário disso significa ofender a Deus e os homens”, disse. 
“Mas servem de alerta: neste caso, a advertência de não se iludir que bastam a ciência e a técnica para se salvar. Se não formos capazes de estabelecer limites, nós mesmos podemos nos tornar, estamos vendo, a ameaça mais grave de todas.”
Ele recorda que também houve um terremoto no momento da morte de Cristo: ‘O centurião e seus homens que montavam guarda a Jesus, diante do estremecimento da terra e de tudo o que se passava, disseram entre si, possuídos de grande temor: Verdadeiramente, este homem era Filho de Deus!’ (Mt 27, 54).
“Mas houve um outro ainda ‘maior’ no momento de sua ressurreição: ‘E eis que houve um violento tremor de terra: um anjo do Senhor desceu do céu, rolou a pedra e sentou-se sobre ela’ (Mt 28, 2).”
“Assim será sempre – afirmou o pregador do Papa –. A cada terremoto de morte sucederá um terremoto de ressurreição de vida.”
“Alguém disse: ‘Agora só um deus pode nos salvar’. Temos a garantia de que o fará porque ‘de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único’”.

Link para a sua homilia na íntegra: http://www.zenit.org/article-27806?l=portuguese

domingo, 24 de abril de 2011

Páscoa da Ressureição (2011)

A Ressurreição nos revela a nossa vocação cristã e nossa missão: aproximá-la a todos os homens. O homem não pode perder jamais a esperança na vitória do bem sobre o mal. Creio na Ressurreição?, a proclamo?; creio em minha vocação e missão cristã, a vivo?; creio na ressurreição futura? , é alento para esta vida?, são perguntas que devem ser feitas.
A mensagem redentora da Páscoa não é outra coisa que a purificação total do homem, a libertação de seus egoísmos, de sua sensualidade, de seus complexos, purificação que, ainda que implique em uma fase de limpeza e saneamento interior, contudo se realiza de maneira positiva com dons de plenitude, com a iluminação do Espírito, a vitalização do ser por uma vida nova, que transborda alegria e paz - soma de todos os bens messiânicos-, em uma palavra, a presença do Senhor ressuscitado. São Paulo o expressou com incontida emoção neste texto: " Se ressuscitastes com Cristo, então vos manifestareis gloriosos com Ele".

Alegria minha, Cristo Ressuscitou!ALELUIA!!!

Irmãs Clarissas reflorecem na Espanha!


O menos importante no testemunho das Clarissas Convento da Assunção, em Lerma (ESPANHA) não é tanto sua juventude, mas é óbvio que chama a atenção ver que um grupo de meninas decidiu entrar para um convento de clausura. A mensagem que está enviando é o vazio espiritual que grande parte da juventude, não só espanhola está envolvida, especialmente nestes tempos em que os políticos sãoextremamente ocupados e preocupados, tendo Cristo fora davida pública e escolas. 
Porém, consumismo e materialismo ateu nunca pode preencher ou corrigi-lo. Isso só leva à decadência. O cansaço em direção ao ateísmo, o materialismo, abortos, alcoolismo e abuso de drogas levou à busca de um abrigo espiritual. Jovens com um chamado à liberdade e uma vida pela frente, elas decidem deixar tudo para seguir Cristo até o fim. Nem todos têm a coragem de fazê-lo. 
Vêm de toda a Espanha, com seus títulos debaixo do braço:farmacêuticas, físicas, atrizes, publicitárias, advogadas, estudantes, empresárias ou funcionárias. De todas as classes sociais. Entre elas,  meninas como Alejandra, executiva brilhante da ArthurAndersen. Esta afirma:  "Eu percebi que a luta por dinheiro e prestígio social não foi suficiente para dar sentido a uma vida.



quarta-feira, 20 de abril de 2011

Encontro de blogueiros católicos no Vaticano

Foi noticiado pela ZENIT.org  no dia de ontem:
 Cento e cinquenta blogueiros foram convidados a comparecer a um encontro no Vaticano no dia 2 de maio, pelo Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais, presidido por Dom Claudio Maria Celli.
Conforme relata a ZENIT Kervin Frometa, do tucristo.com, 750 pedidos foram recebidos e foi necessário fazer "uma seleção difícil para oferecer, tanto quanto possível, um quadro geral e representativo da ‘blogosfera'".
Richard Rouse, na nota, diz que há alguns blogueiros iniciantes e outros famosos; alguns blogs são institucionais, outros pessoais; existem aqueles que contam histórias pessoais e outros que narram fatos e acontecimentos locais e internacionais. Alguns têm um bom financiamento e outros sobrevivem.
Para a primeira seleção, foi preciso garantir uma presença diversificada, enquanto para a seleção final foi realizado um sorteio.
Pede-se aos que não estão na lista que "não se sintam excluídos". Os blogueiros presentes na reunião informarão constantemente sobre o desenvolvimento do encontro e talvez se possa organizar uma conexão direta ao evento.
Os 150 blogueiros da lista receberão mais instruções após a Páscoa. No entanto, é importante lembrar que não existem planos para dar subsídios ou financiamentos para a estadia em Roma. O convite foi, e continua sendo, para os blogueiros que estarão em Roma para a beatificação de João Paulo II.
Por fim, esclarece-se que ser selecionado não implica qualquer aprovação do conteúdo dos blogs pelo Vaticano, nem o contrário: não ter sido selecionado não significa uma desaprovação.

sábado, 16 de abril de 2011

São Paulo pela Vida.


Recebi recentemente um e-mail de um sacerdote amigo meu que me pediu para divulgar esta campanha, intitulada "SÃO PAULO PELA VIDA", que pede para todos os cidadãos paulistas assinarem a petição para aprovar uma EMENDA da CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, que defenda a vida dos nascituros. Por favos assinem a petição OnLine no site da Campanha! 
"Milhares de bebês estão condenados à morte por meio de um assassinato frio e violento. São apenas 30 segundos que você precisa ver e agir antes que seja tarde.

O desafio é grande, mas maior ainda é a fé que temos no Sagrado Coração de Jesus, que nos conduzirá a vitória: vamos conseguir as 300 mil assinaturas".
Existem muitas formas de você divulgar a campanha São Paulo pela Vida:
4. Envie uma mensagem por twitter e peça aos seus seguidores para darem RT;
5. Envie recados de Orkut e mostre para todo mundo que você é favorável à vida.
6. Publique o banner da campanha São Paulo pela Vida em seu site copiando e colando o código que se encontra no site.






quarta-feira, 13 de abril de 2011

Site da Beatificação de João Paulo II

Foi lançado o site (http://karol-wojtyla.org/)  em sete idiomas, incluindo o português, alusivo à beatificação do Papa João Paulo II (1920-2005), agendada para 1º de Maio no Vaticano.
A página reúne informações relacionadas com a biografia de Karol Wojtyla, que durante o terceiro pontificado mais longo da história da Igreja (26 anos) visitou 205 países além de Itália.
O site inclui ligações, em italiano, para as centenas de documentos assinados por João Paulo II, entre constituições, encíclicas, exortações, cartas, discursos e mensagens, além de secções dedicadas às suas reflexões e devoção mariana.
Um dos espaços mais importantes da página é reservado ao processo de beatificação, rito em que a Igreja Católica propõe uma pessoa como modelo de vida e intercessora junto de Deus, ao mesmo tempo que autoriza o seu culto público.
A “oração pedindo graças por intercessão do Servo de Deus o Papa João Paulo II” está disponível em 31 idiomas.
Na versão em português, as notícias relacionadas com João Paulo II estão desatualizadas (a primeira refere-se a Junho de 2008), embora em italiano sejam apresentados artigos relativos a eventos recentes.
Os visitantes do site têm também acesso a uma página gerida pelo Estado da Cidade do Vaticano que transmite fotografias atualizadas a cada dois minutos da sepultura do Papa polaco.
Fonte: Agência Ecclesia

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Papa expressa solidariedade às vítimas do atentado no Rio Bento XVI afirma estar “profundamente consternado”.


Foi Noticiado pela ZENIT.org  no dia de hoje:
 O Papa enviou nesta sexta-feira uma mensagem ao arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, em que afirma estar “profundamente consternado” pelo atentado desta quinta-feira em uma escola da zona oeste da cidade. O episódio de violência deixou 12 crianças mortas e outras 12 feridas, quando um atirador abriu fogo contra alunos e depois se matou.
“Profundamente consternado pelo dramático atentado realizado contra crianças indefesas em um colégio municipal no bairro do Realengo”, o Papa assegura “sua solidariedade e conforto espiritual às famílias que perderam seus filhos e toda a comunidade escolar com votos de pronta recuperação dos feridos”, afirma o telegrama, assinado pelo cardeal Tarcisio Bertone.

O Papa convida “todos os cariocas, diante desta tragédia, a dizer não à violência, que constitui caminho sem futuro, procurando construir uma sociedade fundada sobre a justiça e o respeito pelas pessoas, sobretudo os mais fracos e indefesos”.

“Em nome de Deus para que a esperança não esmoreça nesta hora de prova e faça prevalecer o perdão e o amor sobre o ódio e a vingança, Sua Santidade Papa Bento XVI concede-lhes uma confortadora Bênção Apostólica", encerra o texto.


quinta-feira, 7 de abril de 2011

Petição em prol do "Ano Mariano em 2012 – 2013"

O Pe. Paulo Ricardo em seu blog, publicou um apelo ao Santo Padre, expondo o desejo de suplicar-lhe um novo Ano Mariano. Um trecho da sua carta:

Somos testemunhas dos frutos de graça e santidade que a proclamação do Ano Sacerdotal, feita por Vossa Santidade, fez brotar para a Igreja do mundo inteiro. Por esta razão, sugerimos humildemente que um Ano Mariano poderia ser uma grande oportunidade para reavivar a Devoção a Toda Santa Mãe de Deus no coração dos fiéis e propagar a prática da "Consagração Total a Jesus por Maria", como é ensinado pelo próprio São Luis, e como o Servo de Deus João Paulo II viveu e testemunhou.

Para tanto, foi criado um site (http://anomariano.com/) para recolher petições em prol do Ano Mariano. Peço a todos os nossos leitores que entrem no site e assinem a petição. Nós,  como verdadeiros Servos de Maria, não podemos ficar fora dessa!


sábado, 2 de abril de 2011

Resposta a uma leitora...

Recentemente recebi um comentário que me deixou surpreso. Este diz o seguinte:

 "Os homossexuais não são possuem insanidade mental, não são doentes e esse trabalho de vcs mais aumenta a homofobia e preconceito do que realmente evangeliza. Eu vou denunciar esse trabalho horrivel que vcs estão fazendo". 

Esta leitora, denominada Simone, se referia a uma postagem feita por mim: "Os doze passos do apostolado Coragem" (fev/2010). Quero dizer, primeiramente que não sou o autor destas idéias. Divulgo o trabalho do  "Courage Latino" e do "Es posible la esperanza", pois considero importantíssimo o trabalho deles. Há uma diferença entre ser homossexual e ser gay! Isso não sou eu que digo, mas especialistas (psiquiatras e psicólogos), o homossexual é que tem a tendência (o desejo) dentro de si e luta contra ele (talvez por motivos morais). Já o gay é aquele que adere à cultura gay e se torna um militante da mesma e são partidários de todas as reivindicações que tal movimento faz. Muitos homossexuais são extremamente infelizes em suas vidas, mesmo após experimentar um pouco da "liberdade" que a  cultura gay oferece. Para esses, existe a terapia reparativa  que encontramos a descrição no site do "Es posible la esperanza", pois só funciona com os que estão insatisfeitos e querem mudar. Quem se diz gay não deveria se incomodar, porque só buscamos ajudar os que vêm até nós. Não somos "homófobos" por pensar assim, mas não podemos deixar que esta "cultura de morte" ensine nossos jovens dizendo que não há outro caminho, a não ser o da militância gay. Não é correto permitir que nossos jovens se lancem numa vida de escravidão, pois o p´roprio Jesus afirma: todo homem que se entrega ao pecado é seu escravo (Jo. 8,34).
 Esta  A leitora se referia ao passo de n° 2 que afirma: "Viemos a acreditar que um Poder superior a nós mesmos poderia devolver-nos à sanidade". É evidente que o homossexual não é um doente mental, mas pode ser alguém promíscuo e viciado em sexo, o que é casa vez mais comum. Como afirma o Catecismo da Igreja: Há nessas pessoas uma desordem intrínseca. Tal desordem pode nos privar de nossa sanidade, obscurecendo a nossa consciência
Precisamos parar de pensar que tudo é HOMOFOBIA ou preconceito. Se a Igreja condena o uso do preservativo ela é tachada de "genocida", se condena a cultura gay é chamada de "homófaba". Mas, se o que tais minorias pregam é verdade, por que se incomodam tanto com a opinião da Igreja? NOS QUESTIONEMOS SOBRE ISSO!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...