quarta-feira, 10 de agosto de 2011

2ª semana de agosto: VOCAÇÃO PARA A VIDA EM FAMÍLIA

O matrimônio expressa o amor de Deus por seu povo, que é a Igreja. Assim como Cristo se entregou em sacrifício por amor à Igreja e permanece eternamente fiel a ela, do mesmo modo os esposos se entregam um ao outro totalmente, imitando o amor de Cristo. É um grande bem receber o sacramento do matrimônio no caso dos batizados, porque é o único modo de santificar o amor humano entre o homem e a mulher. O Senhor infunde sua graça nos corações dos esposos para que cumpram os deveres próprios de seu estado: a fidelidade às suas promessas, a procriação, e educação dos seus filhos, o sustento mútuo em meio às alegrias e dificuldades da sua vida.
O matrimônio entre os batizados é um dos sete sacramentos que Jesus Cristo instituiu. Isto quer dizer que é um caminho de santidade: Deus chama aos esposos a que ganhem o Céu santificando-se em seu matrimônio e na sua vida familiar. Saber que o matrimônio é uma vocação divina nos ajuda a defendê-lo e a valorizá-lo adequadamente respondendo com generosidade à vontade de Deus. 
Alguns casais que guardam fidelidade temem que recebendo o sacramento do matrimônio, o cônjuge vai sentir-se seguro de possuir ao outro e que isso pode ser o começo dos problemas no matrimônio. Entretanto, devem saber que este temor não tem fundamento quando existe verdadeiro amor já que o amor dos esposos e o Sacramento que santifica seu lar é o princípio da bênção de Deus para sua família.


livro: Catecismo da família e do matrimônio
Padres Fernando Castro e Jaime Molina.
Adaptação: Frater Henrique Maria, sjs.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...